Download

Modelo de negócios - Freemium

Você conhece esse modelo de negócio chamado Freemium?

Para adiantar, retirei esse trecho da Wikipedia.

Freemium é um modelo de negócio em que um produto ou serviço proprietário (tipicamente uma oferta digital como software, mídia, jogos ou serviços web) é oferecido gratuitamente, mas dinheiro é cobrado a usuários premium por recursos adicionais, funcionalidade ou bens virtuais.[SUP]1[/SUP] [SUP]2[/SUP] A palavra “freemium” é uma palavra-valise combinando os dois aspectos do modelo de negócio: “free” e “premium”.

Esse modelo de negócio não é novo eu sei, vocês estão carecas de saber. Também já devem saber que a gameloft por exmeplo, agora faz vendas in-game de seus jogos e a cobrança vai direto para a conta da operadora de celular. Se eu não me engano, atualmente, apenas a Claro e a Vivo estão operando neste modelo.

O que dizem, é que o lucro das vendas in-game direto na operadora é maior do que nas lojas da Google e Apple. É neste ponto que eu queria iniciar um bate bola aqui com vocês.

    • Alguém aqui já usa essa forma de cobrança in-game?
    • O que vocês acham do modelo Freemium?
    • Alguém teria um bom CASE desse assunto?

Fala Gerson!

1 - Dificilmente, a Gameloft eh gigante nos mobile-games bem antes do iPhone e Android, então não sei se esse tipo de cobrança estaria disponível para voce. A ideia de lançar na store seria alcançar um mercado mundial, para compensar o preço baixo do jogo - então acredito que a melhor opção seria lançar na store, ja que esta acessível para nos (indies e studios) e tem muito mais publico.

2 - Depende de como aplicado, sei que os developers precisam sobreviver, mas não gosto quando por lucro, passam por cima da usabilidade do jogador. Ads na tela toda, tempo para voltar a jogar, pagar para ganhar, se não paga, nunca consegue ganhar ou algo do tipo.

3 - Acho que se voce optar por oferecer o jogo de graça, deixe o player realmente jogar de graça - anúncios discretos ou em seções especificas, como: “Get Coins” onde o user pode ver ads em troca de coins, ofereça itens diferenciados mas não itens que ganhe o jogo, senão perde a graça. Ah, sempre uma opção paga para remover anúncios. Preços baixos, como $0,99. Tudo isso na minha opinião geraria uma melhor experiencia para o player e ainda um retorno melhor, do que aqueles jogos que enchem de ads e qualquer coisa tem que pagar - a maioria desinstala na hora hahaha

Beleza!

É uma forma de pensar, mas, não seria uma forma das operadores controlarem os gastos e consequentemente faturarem parte dessa bolada? será que isso não virá a ser liberado para meros mortais? é um fator que merece ser acompanhando.

Pelo que eu vi, o jogo é baixado pela * Store, mas a venda in-app não utiliza a API da Store, e sim essa nova forma de cobrança. Sendo assim, a questão visibilidade e público estaria contornada.
Mas foram boas observações!

Realmente ads atrapalham de mais! Mas isso é de studio/desenvolvedor. Acredito que teremos ou temos games nesta modalidade com ZERO ads ou quase isso. Sabemos que em torne de 5% a 10% dos usuários que fazem download de um jogo Freemium convertem em compra in-app.

O que falta as vezes no desenvolvimento é pensar no crescimento, criar jogos capazes de manter o jogador sempre na ativa, não abandonar o número de jogadores aumenta e com isso o valor final desse percentual de compras in-app aumenta.

Mas e a vontade súbita de ver o seu produto bater no teto financeiramente? será que dá para esperar sem morrer de fome?

Verdade, mas eu não estou optando por nada! :slight_smile: só estou mediando um bate papo aqui na comunidade. Acho que pode-se ter bom senso, um game multiplayer por exemplo, você acaba tendo um pay to win, mas um casual game, não vejo problema em se vender algo para ajudar a acelerar as coisas por exemplo. Mas cobrar para voltar a jogar porque suas vidas acabaram ou coisa do tipo é o fim!

Acredito que ate mesmo em multiplayer, o fair-game deveria ser a regra, ao estilo Counter-Strike GO - barato para comprar e não eh um jogo vendido para premium users, entende?!

A necessidade de fazer seu game premium manter jogadores eh o que vai manter seu jogo lucrando para voce, por isso não se deve apelar para ganhar dinheiro, pois isso vai acabar fazendo o jogador sair do jogo - voce deve ter em mente que vai levar um tempo e esforço, por tanto deve-se ter um planejamento financeiro solido que suporte isto - na verdade, qualquer negocio deveria ser assim, ter dinheiro em caixa para aguentar ate chegar a bonança hahahaha

Seria o ideal, mas sabemos que os negócios nunca funcionam como deveria! (oBS: principalmente aqui no BR,kkkkkkk).
Andei reparando, que jogos Freemium são geralmente destinado a um público infantil, até 10 anos. Depois dá um salto para jogos casuais da maior idade (melhor idade, velinhas piedosas).

Será isso um indício de “má fé”, fazer jogadores comprarem sem terem noção real do que estão fazendo?

Acho que o negocio seria ter maior publico, jogos “infantis” geralmente são fáceis de jogar e ate mesmo o pessoal mais velho gosta, ja que voce precisa de views para os ads e mais users significa mais chance de conversão, acredito que eles não miram em nichos na hora de criar freemiums.